Pra mim ser cristão e cristianismo é isso. É ser amor onde há dor, olhar para o outro com compaixão e não com julgamento. É sentir necessidade de fazer algo pelo outro, sendo respeitoso, mesmo quando as ideias e convicções não são as mesmas.

Vejo muitas pessoas confundindo as coisas. Buscam “evangelizar” desrespeitando, julgando, sendo (muitas vezes) hipócrita. Uma vez ouvi uma frase que mudou completamente  a minha forma de ver o cristianismo: “O maior argumento a favor do evangelho é uma vida transformada por Cristo”.

O que é ter Deus na sua vida? Quais as mudanças isso gerou em você? Continua a mesma pessoa? Julga a tudo e a todos só porque não pensam ou são diferentes de você? Não respeita o teu próximo? Não olha para as necessidades dele? Então, me desculpe, mas você ainda não conheceu a Jesus.

Porque ser cristão não é fácil. Queremos julgar, queremos só olhar para os nossos problemas e somos cheios, cheios de falhas. Mas ao mesmo tempo sentimos a necessidade imensa de ter Deus ocupando o primeiro lugar em nossas vidas, porque é por meio dEle que somos melhores.

Então, não use sua religião para oprimir. Não use Deus como justificativa para julgar e imprimir seus preconceitos. Isso só afasta as pessoas. Deus é amor e bondade e por mais que seja impossível ser como Ele, podemos, no mínimo, buscar nos assemelhar aquilo que Ele nos ensinou. Pratique o cristianismo e as pessoas irão conhecer Deus não por suas palavras, mas primeiramente pelas suas atitudes.

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




Thamilly Rozendo
Psicóloga, 25, é aquela que escuta mil vezes a mesma música e tem a risada escandalosa. Não dispensa um sorvete e adora um pastel de feira com muito catupiry, mesmo sendo intolerante a lactose. Encontra paz na oração e vê amor nos pequenos detalhes.