“Você está magra!”. “Você está fora do peso?!”. “Você está com olheiras, estrias, celulite.”.”Fica melhor morena sabia?”.”Acho mais bonita você loira!”. É muito rotulo para pouca gente, é muita gente para rotular. Se você já passou por essas situações, fica tranquila. Quero mesmo falar sobre isso.

Depois que descobri que tenho diabetes, mudei 100% a minha alimentação. O que fez com que eu, uma pessoa que nunca tive um estereótipo mais “gordinha”, ficasse mais magra. Ou seja, todo mundo acha que você está magra demais, que seu corpo não é bom o suficiente e todo aquele bla bla bla. Na falta de identidade iremos com certeza nos olhar e pensar que realmente não somos bonitas o suficiente para a população brasileira que criou um estilo padronizado. Balela! Magreza não significa saúde e nem gordurinha está associada sempre a uma excelente saúde.

O que eu quero dizer? Ame se olhar no espelho, ame quem você é hoje, não ame quem você foi porque Deus nos muda, a vida com Deus não fica estagnada. E não ame quem será no futuro, pois acabará se tornando uma pessoa ansiosa, propensa a viver lá na frente com a sensação lúdica de que nunca estará pronta ou boa o suficiente. Mais um ponto importante: Você terá dias ruins, terá dias que você não vai estar afim de nada. E estará tudo bem.

Eu cheguei a pesar 43 quilos quando me casei, porque estava em em quadro de muitas mudanças internas e externas. Isso me fez amar quem Jesus queria que eu fosse. Fiquei loira porque quis, engordei porque comi e não cuidei da minha saúde durante muito tempo. Então, para concluir, cuide da sua saúde em primeiro lugar, isso fará de você uma pessoa cheia de vida e por consequência fará você se sentir bem, bonita ao seu modo.

Em Deus há uma identidade que não pode ser tirada, em Deus há toda convicção de amor e respeito. A Bíblia é um manual perfeito de como viver, e se amar faz parte de um mandamento.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Alyne Morais
Quase 28 anos, Casada com Gil, aprendendo que a escrita é forma que Deus nos deu para escrever belos roteiros. Na maior parte do tempo roteirista, admira a essência e cada mínimo detalhe que a vida carrega. Apaixonada por livros, e sentar em lugares bem altos, pra se sentir perto do céu.