Vou falar de uma história bem conhecido na Bíblia, mas de uma pessoa que as vezes não recebe tanta atenção. Primeiro vou explicar o contexto! Estamos falando sobre a história de Samuel. Mas não sobre Samuel. Vamos lá…

Ana não podia ter filhos. Orou a Deus, e Eli a viu orando. Eli a abençoou para que ela pudesse ter filhos. Ana não só teve Samuel, como teve outros 5, com a bênção de Deus.

Eli tinha dois filhos, Hofni e Finéias. Ambos eram sacerdotes. Porém, cometiam atos maldosos. Tomavam ofertas para si e não agiam de acordo com os parâmetros divinos. Eli sabia disso, e nada fez. Deus profetizou que a família de Eli não seria mais abençoada e sofreria muito.

Quando Samuel recebe seu chamado (capítulo 3), Deus fala que a profecia seria cumprida. Ao contar para Eli (que era responsável por Samuel), Eli diz: “Ele é o Senhor; que faça o que lhe parecer melhor.”

Você pode ler mais em 1 Samuel (capítulo 1 ao 3).

Agora, quero falar duas coisas sobre Eli.

1~ Eli era um sumo sacerdote e juiz de Israel. Mas não era nem de longe um cara exemplo. Mas percebe como Deus o usou mesmo assim. Deus o usou para abençoar Ana, que deu vida a Samuel, que realizou grandes feitos.

E você aí… as vezes se acha tão inferior aos olhos de Deus, acha que não pode ser usado, e às vezes o que te falta é um pouquinho de fé, para olhar e dizer: “Deus irá fazer”.

O que eu tenho para te falar, é que Deus te usa. Do jeito que você é. Da forma que você está. Você não é pouco, não é insuficiente. Você é filho de Deus.

2~ Quando Eli ouviu que Deus cumpriria a profecia contra sua família e sobre si mesmo, Eli simplesmente fala: “Ele é o Senhor; que faça o que lhe parecer melhor.” (Samuel 3:18).

Quantos “não” você tem levado? Quão triste você está? Quantas vezes você dorme com o coração angustiado? Qual o tamanho da sua dor? O que te impede de olhar para os céus e dizer: OK! O Senhor é Deus. Faça o que o Senhor achar melhor em minha vida.

Medo? Pouca fé? Olhe para Eli. Sabia que sua vida seria acabada, e mesmo assim sabia que Deus é soberano e faria o que fosse melhor. Talvez não o que fosse melhor, mas o que era necessário ali.

Às vezes a gente olha para os nossos problemas e não entende. Não entende porquê não deu certo, porquê acabou, porque recebeu um não… e esquece que isso era necessário.

A dor, o sofrimento, o “não”, é necessário. Deus fará grandes feitos através dele.
Deus usou Eli, então ele pode usar você. E o Deus de Eli é o mesmo Deus de hoje. Ele sabe o que é melhor. Você só precisa ter fé.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Gabriele Sauthier
Nasceu em 93. Faz doutorado em Biologia. Apaixonada pelos pequenos detalhes desde pequena. Ama dias nublados, tocar violão, café e livros. Procurando sempre estar em contato com a natureza, admira as flores e qualquer ser vivo.