Você sabe quando nossa fé é mais provada? É quando Deus muda nossos planos tão sonhados. É quando nosso castelo de sonhos, construído detalhadamente na nossa fértil imaginação platônica, desaba como um castelo de areia na praia. Você não esperava aquilo, seu coração luta para compreender todos os porquês que invadem sua mente, mas é inútil, não dá para entender no momento, só resta a frustração.

Então repassamos inúmeras vezes os acontecimentos em busca de respostas, chegamos a ter a ousadia de questionar a Deus o porquê que Ele permitiu aquela circunstância. Logo com você que fez tudo certinho e entregou todas as coisas em oração. Aí que está! Chegamos ao ponto crucial: você realmente entregou seus planos a Deus? Realmente foi sincero e largou tudo em suas mãos poderosas? Confiou na sua sabedoria para guiar o seu caminho? A verdade é que nós frágeis seres humanos não gostamos de perder o controle da nossa vida. Sentimos medo, queremos que tudo saia conforme sonhamos. Nós oramos a Deus para que Ele tome a nossa história, mas na maioria das vezes ainda estamos temerosamente agarrados a uma ponta, enquanto Deus está do outro lado, rindo e dizendo: “A outra ponta agora, filho”.

Jeff Hidden me ensinou que precisamos “aprender a escrever nossos planos a lápis e entregar a borracha a Deus”. E isso, nós sabemos, é uma decisão muito difícil, é uma prova de fé. Temos a tendência de achar que estávamos no caminho certo, que nossos planos eram os melhores para nossa vida. E quando Deus muda tudo, ficamos perdidos, remoendo o passado, tentando entender o que Ele está fazendo. O homem mais sábio de todos os tempos observou que “Deus marcou o tempo certo para casa coisa, Ele nos deu o desejo de entender as coisas que já aconteceram e as que ainda vão acontecer, porém não nos deixa entender completamente o que Ele faz.” (Eclesiastes 3.11).

Nosso desesperado desejo de compreender os planos frustrados e tentar compreender como será daqui para frente só revela nossa autoconfiança em achar que sabemos o que é melhor para nós mesmos. Timothy Keller acertou em dizer: “Uma das nossas principais razões pelas quais nós cremos tão pouco em Deus é que confiamos demais em nossa própria sabedoria: a gente acha que sabe bem mais que Ele o que nós fará feliz e como nossa vida deve andar”. Deus tira o controle das situações de nossas mãos para ensinar a depender dele, confiar e lembrar que Ele é o único que sabe o que é bom para cada um de nós.

Seus planos são bem maiores, chega a ser perfeito, afinal Ele nos conhece mais do que nós mesmos, sabe o que nos fará felizes. O que Ele tem traçado para nossa trajetória é tão maravilhoso que nem podemos imaginar. Ao invés de reclamar, insistir e bater o pé com o Senhor, deveríamos agradecer e nos alegrar, deixar Ele agir e guiar nossa história. Você não precisa entender, você precisa confiar que a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável.

“O que passou ficou para trás, não voltará.

Mas o que está por vir, será muito melhor

Se deixar Deus te guiar”

Leandro Borges

 

Autora: Cássia de Oliveira @cassiadeoli

[email protected]

 

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS