Alô alô, meus cristãos de plantão. Vamos parar de achar que temos que aguentar todas situações e nos afastar de coisas/pessoas que achamos que somos obrigados?

Às vezes a gente se apega a imagem de bonzinho e queridão e se esquece que “bem-aventurado é o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios” (Salmos 1)

Vamos mudar a imagem que devemos aceitar tudo e nos apegar que devemos nos afastar “de todo irmão que vive ociosamente e não conforme a tradição que receberam de nós.” (2 Ts 3:6).

Sabe aquela amizade tóxica? Ciumenta, possessiva, que não te leva a lugar algum? Já comece a dar tchau desde agora.

Sabe aquele namoro abusivo, controlador, manipulador e imoral? Dê adeus para ele também. Se “com tais pessoas vocês nem devem comer” (1 Cor 5:11), imagine VIVER!

Por um lado temos como mandamento amar ao próximo, do mesmo lado vemos a ordem de não andarmos com aqueles que nos afastam da vontade de Deus.

Se sabemos que nos fazer bem é estar ao lado do Dono dos planos que são bons, perfeitos e agradáveis, que tal se distanciar daqueles que te levam para longe dEle?

Fique perto das pessoas que te fazem bem! Lembre-se disso a próxima vez que precisar falar “não” e ficar com medo de não ser bonzinho.

Antes de ser boa moça, prefiro ser boa cristã.

“Mantenha-se longe do tolo, pois você não achará conhecimento no que ele falar.” Provérbios 14:7

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




Gabriele Sauthier
Nasceu em 93. Faz doutorado em Biologia. Apaixonada por livros, desenhos e animais. Idealizadora do @faleicomamor.