O tempo de solteirice não é para ser dedicado em uma busca constante pela pessoa “certa”. Há uma citação de Elisabeth Elliot que diz: “O que não temos agora, não precisamos agora”, e isto não se aplica apenas a uma parte e momento de nossa vida.

Muitas pessoas tentam apressar o tempo de solteirice que estão vivendo por diversos motivos, seja para não se sentirem sozinhas ou por acreditarem que estão prontas para viverem uma vida a dois, enquanto poucas estão dispostas a se dedicarem àquilo que Deus quer que se dediquem.

Não há problema algum em querer um casamento e uma família abençoada, mas é um erro agir conforme a própria vontade, e não segundo a vontade de Deus. Um homem que anseia por ser um esposo sábio e líder ou uma mulher que sabe a importância de ser uma esposa prudente e piedosa, não devem buscar estas virtudes em Deus apenas ao se casarem, ambos devem se se dedicar em honrar seus futuros cônjuges ainda solteiros.

Deus conhece as necessidades e sonhos de cada um de seus filhos, traça os seus caminhos e dá a última palavra. Solteirice não é apenas um tempo precioso de aprendizado e crescimento espiritual e emocional, mas sobretudo para ser vivido de forma que o Senhor glorificado.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Laureane Antunes
Colecionadora de sonhos, não importa o quanto pareçam bobos, a vida é dura demais para ser vivida sem sonhar. Da minha fé, faço poesia, assim a eternizo em minhas palavras. Estou por aqui apenas de passagem, o Céu me aguarda.