Não permaneça em um relacionamento em que subjuntivos existam. Se’s, Caso’s e Talvez’es não fazem parte de um amor maduro. Amar exige certezas. Firmeza e coragem suficiente para não precisar dizer “se você for embora”, “caso não dê certo”… O amor se constrói sobre bases solidas. Não sobre bases de papelão ou peças de Lego.

Existe a possibilidade de a casa cair? Sim, por forças externas ou se você não construiu como deveria.

As vezes pode ter faltado um tijolo, ou uma parede foi levantada um pouco torta. Mas nunca as vigas e as fundações devem ser construídas sobre areia ou solo instável. A casa pode desmoronar ou ser demolida mas as bases serão as últimas a cair.

Por isso, me faça um favor: não ame alguém que te ama com futuro em subjuntivo, com condições. Cai fora dessa! Não perde tempo! Invista em construções sólidas. Paredes firmes, chão sem desnível. Invista em alguém que te diga: Vamos fazer dar certo! Eu quero um futuro com você! Poupe-se de um pretérito imperfeito e busque um futuro mais-que-perfeito!

Queira um amor maduro que te ame mesmo quando você não merecer, que faça você acreditar mais na tua força ao invés de sugar a sua energia. Queira um amor que te faça sorrir e não chorar, que te acolha ao invés de te abandonar.

Autora: Mariana Sampaio

 

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS