Quanto mais o tempo passa, e cresço em Cristo, mais eu descubro o quão eu sou limitada, percebendo a graça de Deus sobre a minha vida. O que mais tem revelado as minhas limitações são os meus sentimentos, como eu tendo a ser levada e guiada por eles, que assim, acabam se tornando os deuses da minha vida.

Uma hora estou super animada em Cristo, feliz com minha “solteirice”, outra estou triste com as situações ao meu redor, vendo as minhas amigas se casando e eu “ficando para a titia”, assim despercebo o Seu amor por mim; ou sou tentada a fazer algo baseada em minhas emoções, esquecendo a vontade de Deus para a minha vida.

Então noto que me resumo a nada, sério, eu e você somos tão dependentes de Cristo para que Ele nos ajude em nossos momentos de aflições, que passar um dia sem nos relacionar com Ele já é difícil passar por essas situações, imagine quando esquecemos de fazer isso por dias, semanas, por estarmos atolados com coisas do cotidiano, acabaremos vivendo de emoção em emoção. E é aí que Jesus entra nos mostrando a racionalidade da vida cristã, de perceber essas emoções que nos afligem e pedir para que Ele possa nos mostrar o caminho para sairmos dos nossos abismos emocionais, ou seja, quando algum sentimento dirige a nossa vida, impedindo que avancemos.

Deus sabe que não somos super heróis, e nem espera isso da gente, mesmo assim, não podemos ser prisioneiros de sentimentos como culpa, ira, medo, ansiedade, tristeza pois isso nos impede de avançar. E é em Sua palavra que encontramos uma fonte viva, de palavras vivas, que penetram e mudam o nosso estado de espírito, o nosso ser, nos fazendo prosseguir para o nosso alvo: Cristo. Assim, poderemos ver Deus operando em nossas fraquezas.

Um outra forma de sair dos abismos, que Ele tem me ensinado e lembrado constantemente, é aprender a confiar Nele e a viver um dia de cada vez. Não viver no amanhã ou no passado, e sim viver no aqui-e-agora, sabendo que fomos feito para algo eterno, e que tudo é passageiro. Muitos dos nossos abismos vêm pela ansiedade e medo do amanhã, ou pelo culpa e tristeza de algo que aconteceu no passado. Não deixe que isso dite sua vida!

Se você quer viver uma vida emocional mais equilibrada e feliz, ser curado, entregue essa área a Cristo para que Ele opera nela, assim você verá o melhor acontecendo em sua vida, porque estará crescendo Nele constantemente, na sua boa, perfeita e agradável vontade.

É preciso olhar para Jesus e dizer com confiança: “O que Tu quiseres para mim eu quero, no momento e da forma que desejares”, e assim descansar.

 

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Maria Clara
23, Fortaleza. O que mais busco é ser semelhante a Cristo, e refletir esse amor que um dia me alcançou.