Como assim? A ideia é simples e eu quero que você me “escute”. Um relacionamento é uma via de mão dupla. Não dá para você amar por dois! Não por muito tempo. E o que tenho visto é isso: pessoas namorando mas que se sentem sozinhas. E para mim, essa é a pior solidão. Aquela vivida a dois.

Aquele relacionamento que apenas um faz questão de manter, só um busca deixar o outro feliz. Apenas um se dedica e com o tempo vem o cansaço. Você que está aí na solteirice já anota aí: relacionamento da trabalho. Exige investimento de tempo. É preciso dedicação quando se está namorando. Não adianta Deus te dar a benção se você não souber cuidar dela.

E em muitos relacionamentos eu vejo isso: pessoas com um valor imenso sendo desprezadas por quem está ao seu lado. Na solteirice oram, pedem, clamam por alguém, mas quando recebem alguém para amar não se dedicam e não desejam melhorar. Mas não fique estacionado.

A pessoa que você irá dividir a vida é aquela que vai te impulsionar a ser melhor e isso exige de nós mudança. O desejo de ser a melhor versão para o outro. O amor não é uma luta, mas vale a pena lutar por ele. Vale a pena se dedicar pelo outro.

Amor é doação e tem muita gente estacionada no egoísmo. Só assim é possível viver um amor segundo I Coríntios 13: um amor paciente, bondoso e sem orgulho. Por isso, namore alguém que namore você.

Alguém que esteja disposto a ser seu abrigo, alguém que deseja estar ao seu lado e que convide Jesus para fazer parte desse relacionamento, todos os dias.

Pois é, somente através de Cristo podemos ser pessoas melhores para o outro, somente nEle podemos ter paciência, bondade e nos livrar do egoísmo. Somente em Deus temos a chance de receber o melhor e de aprender a cuidar da benção recebida.

Photo by tabitha turner on Unsplash

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




Thamilly Rozendo
Psicóloga, 25, é aquela que escuta mil vezes a mesma música e tem a risada escandalosa. Não dispensa um sorvete e adora um pastel de feira com muito catupiry, mesmo sendo intolerante a lactose. Encontra paz na oração e vê amor nos pequenos detalhes.