Fugir do passado não dá. Ele vai continuar perseguindo. Pegando no seu pé. O negócio é ir ao encontro dele. Resolver de uma vez por todas a situação. Exterminar a ameaça. Enterrar numa cova profunda. E vida que segue.

Vejo olhos marejados quando toco nas feridas de quem sofre com lembranças. Masmorra emocional. Pior? É prisão trancada com a chave para dentro. Ninguém de fora consegue libertar quem quer se prender ali.

Violaram você? Retalharam seus sonhos lá atrás? Miseráveis destruíram o pouco de esperança que ainda havia? Por favor, não permita o ontem redigir seu hoje. Passou. Mesmo passando por cima de você! Dói. Estremece. Magoa. Mas, ou a libertação resolve seus fantasmas, ou sua ferida mole não fechará nunca.

O passado existe para aprendermos com ele, não morarmos nele. “Como é feliz aquele que tem suas transgressões perdoadas e seus pecados apagados! Como é feliz aquele a quem o Senhor não atribui culpa e em quem não há hipocrisia! Enquanto eu mantinha escondidos os meus pecados, o meu corpo definhava de tanto gemer” (Sl.32:1-2). Absorveu? Felicidade é olhar pra trás com ação de graça e para frente com atitude de fé.

Não consigo imaginar o xingamento pavoroso de Pedro contra Jesus naquela noite virada do avesso. Quem ele seria depois de nega-Lo 3 vezes? Não foi relapso, foi confirmação de abandono e crueldade contra o amável Mestre Amigo! No entanto, ficou para trás. O perdão ressignificou sua vocação, e o pescador lotou a rede de gente pro Céu.

Não olhe para trás. Deixe Sodoma arder e acredite no que está à frente. Se Deus esqueceu por que fazer memorial da desgraça? Revisitar a infâmia? Chega. Hoje é dia do HOJE. Tudo o que você tem. O agora.

Faça valer. Intensamente. Amavelmente. Converse mais com Deus no presente que será mais fácil esquecer o que não presta. Experimente isso já! Quem tem a melhor Companhia de caminhada deixa as pegadas para lá. Ao Seu lado tudo só aponta pro futuro.

Eterno.

Autor do texto: Pr. Odailson Fonseca

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS