O mundo de hoje nos traz muita dor, nos coloca em situações em que não entendemos o porque devemos passar por isso. Sentimos ansiedade, medo, e nos sentimos sozinhos.

Primeiramente precisamos entender que nunca estamos sozinhos. Sempre há alguém que nos ama e que podemos contar, e devemos aprender a contar com alguém nos momentos difíceis. Se há amigos mais chegados que irmãos, contem com eles. E mesmo que aparentemente estamos abandonados, devemos lembrar que nosso Pai que estás nos céus cuida de nós mesmo quando não vemos.

Porém, mesmo sendo filhos do Criador, devemos entender que não estamos livres das dores que o mundo traz. Devemos entender que ser cristão não nos faz imune as complicações aqui na Terra. É difícil acreditar em esperança quando nos sentimos sozinhos, é difícil falar em soluções quando tudo o que vemos é escuridão. Mas devemos entender que para Deus, resolver o que você está passando é fácil.

Mas, não é porque para Deus é fácil, que Ele deve resolver no nosso tempo. Muitas vezes questionamos Deus como se o nossos sofrimento fosse culpa dele, mas devemos entender que nosso sofrimento é puramente culpa do pecado. Mas Deus transforma nossos corações quando estamos a beira do abismo. Ele vai ouvir nossos clamor (Salmos 40) e vai cuidar de nós.

Mesmo sabendo de tudo isso, ainda é muito difícil nos apegarmos a Deus quando estamos sem esperança. Mas, tente ao invés de se perguntar porque, se pergunte para que. Mude sua pergunta de “Por que isso está acontecendo comigo?“, para “Para que isso está acontecendo comigo?“. Vamos tentar sempre lembrar que tudo que acontece tem um propósito debaixo do céu (Eclesiastes 3:3). Vamos focar no propósito, e não na dor.

Tudo em nossa vida é passageira… Os momentos alegres e também os de dor. Quando estiver sem esperança sempre repita: “essa situação é passageira, Deus está cuidando de tudo.” Deus é um Deus de soluções. Deus já resolveu. Aprenda com Jó, que não via um caminho, mas via Deus. Basta esperarmos o tempo dEle para te mostrar o caminho.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Gabriele Sauthier
Nasceu em 93. Faz doutorado em Biologia. Apaixonada pelos pequenos detalhes desde pequena. Ama dias nublados, tocar violão, café e livros. Procurando sempre estar em contato com a natureza, admira as flores e qualquer ser vivo.