O ser humano tem uma tendência natural de evitar mexer naquilo que o incomoda ou gera algum tipo de conflito interno ou externo. É por isso que vamos adiando a resolução de algumas coisas bem importantes na nossa vida. Em tempos de quarentena tenho refletido de que Deus talvez esteja forçando muito de nós a colocar na mesa nossas questões mal resolvidas já que, agora, não temos como fugir dos problemas com distrações de fora e temos muito tempo livre para introspecção.

Essas questões não solucionadas, que teimamos em procrastinar, podem ser desde as menores; como terminar de ler um livro, por a leitura da Bíblia em dia ou enfim acabar um curso online que você parcelou no cartão, até as maiores e relevantes; como ter conversas difíceis, tratar traumas familiares em casa ou colocar um ponto final em rolos confusos que sugam sua saúde mental.

Tenho enxergado com muita clareza que Deus permitiu o isolamento social nesta quarentena e a parada temporária de tudo para tratar com nós sobre o que mais importa. Ele nos faz um ultimato, não temos agora como fugir. O pai amoroso resolveu chamar nossa atenção para nossa relação com ele e para nossas decisões e sentimentos que antes estavam na lista de “coisas para resolver mais tarde sem data definida”. O Espírito Santo está sussurrando em nossos corações o versículo 9 do Salmo 32: “Não seja uma pessoa sem juízo como o cavalo ou a mula, que precisam ser guiados com cabresto e rédeas para que obedeçam”.

Segundo a Bíblia, todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus e até o mal que nos acomete Ele torna em bem. Tudo o que acontece em nossas vidas tem um propósito. Nossa missão é descobrir qual o propósito pessoal que o Senhor tem com esta pandemia. Ele tem o controle das leis do universo, foi Ele quem permitiu.

Então, hoje é o momento de perguntar: o que Deus quer comigo com tudo isso? O que Ele está tentando me dizer e ensinar? Quem sabe é preciso repassar seus sentimentos, provar a validade de seu relacionamento, rever amizades, tratar feridas escondidas no mais fundo do seu íntimo. Dar um rumo na sua vida, dar um passo ousado em sua vida profissional. Analisar de quem realmente sente saudade, de quem realmente importa e que faz falta em sua vida.

Com toda essa crise e quarentena é inevitável não se questionar: De quem e do que Deus quer te afastar? De quem e do que Deus quer te aproximar? O que Ele quer que você reflita e trabalhe no seu emocional, no seu espiritual? O que Deus quer que você dependa e entregue integralmente a Ele de uma vez por todas?

Talvez você já tenha essas respostas, só te resta confiar e obedecer ao direcionamento que o Senhor está te dando.

Photo by Ali Pazani on Unsplash
COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




Cássia de Oliveira
Jornalista anunciando boas novas, cristã com senso crítico até dizer chega, devoradora de livros, fã de Jane Austen e defensora dos direitos das mulheres.