Quem nunca passou por um situação em que um amigo se afastou e você não sabia sequer o motivo. Pergunta uma, duas e até três vezes e a pessoa insiste em dizer que está tudo bem, quando de fato não está.

Logo adiante, depois de um tempo você se depara com o motivo da situação, fica sabendo por conta de um desconhecido ou até mesmo de forma despretensiosa. O motivo era bobo, as vezes enganoso, outras nem existia.

Sabe, tudo seria menos conflitante se a gente se abrisse com o outro, contasse o que está chateando ao invés de fechar a cara, falar de forma grosseira e insistir em dizer que está tudo bem.

Seria bem melhor se a gente parasse de mentir e tentar enganar o outro, lhe tratando mal por motivos que ele muitas vezes desconhece.  Sou a favor da transparência mesmo que ela doa, mesmo que não entendam. Na maioria das vezes acabamos machucando o outro com a nossa indiferença ao invés de dizer: “Senta aqui, deixa eu te contar porque estou chateada.”

Se você ficou magoada por algum motivo fale. Se alguém te contou algo que te deixou intrigada pergunte. Se você não está feliz com alguma atitude diga. Não omita seus sentimentos, não finja que tudo está bem, não engula sapos você pode engasgar com as palavras não ditas.

Todo relacionamento, seja ele qual for precisa ser baseado na cumplicidade, no respeito e na confiança. Se você não esta satisfeito com algo, se você não está feliz ou precisa dizer o que sente ao outro, fale sem receio. Antes dizer o que sente a usar da indiferença, tratar mal o outro e deixar as coisas mal resolvidas.

É muito mais bonito e sincero dizer aquilo que está nos afligindo do que fingir que está bem, mudar o tom de voz, a fala ficar seca, as palavras curtas, as respostas mais ainda e deixar o outro pensando angustiado o que fez de tão errado assim. A convivência, o amor e a intimidade tem dessas coisas de você saber quando o outro de fato não está bem, quando algo de errado está acontecendo. Mentir para parecer bem ou simplesmente deixar passar não é resolver os problemas, não colocar a limpo quebra a confiança e faz com que parecemos inconstantes.

Dialogo é, sem dúvidas,  melhor do que a indiferença. Indiferença mostra imaturidade, falta de confiança e só machuca o outro.

 

 

 

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Thamilly Rozendo
Estudante de psicologia, 22, é aquela que escuta mil vezes a mesma música e tem a risada escandalosa. Não dispensa um sorvete e adora um pastel de feira com muito catupiry, mesmo sendo intolerante a lactose. Encontra paz na oração e vê amor nos pequenos detalhes.